Minha Meta Total

Meta Atual

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

A dieta q eu faço: Dieta dos Pontos

Aprenda a manter o equilíbrio corpóreo com esse conceito baseado no bom senso, no prazer de viver e na ciência.

PRINCÍPIOS DA DIETA

Os 5 mandamentos do Dr. Alfredo Halpern, endocrinologista e criador da Dieta dos Pontos:

1- Não se culpe por ser gordo. Procure ajuda e emagreça;

2- Fuja das fórmulas mágicas e das dietas milagrosas. O que vale é aprender a comer;

3- Não há alimento proibido. O segredo é não exagerar em nada;

4- É possível comer bem e ter um peso normal;

5- Obesidade é uma doença e, às vezes, seu tratamento requer a intervenção de medicamentos. Mas lembre-se: eles precisam ser receitados por um médico.

O QUE É?

É um método que favorece o processo de reeducação alimentar. Ele parte de uma lógica simples de entender. Tanto o gasto de energia do organismo como a quantidade de energia contida em cada alimento são representados por pontos (1 ponto equivale a 3,6 calorias). Se você consome a mesma quantidade de pontos que seu corpo gasta, mantém o peso. Se consome menos, emagrece.

VOU PASSAR FOME FAZENDO ESTA DIETA?

Não existe forma de emagrecer sem que haja certo grau de sacrifícios, principalmente na fase de adaptação. O certo é que você não vai comer menos que seu organismo precisa para ficar saudável.

A proposta do endocrinologista Alfredo Halpern, um dos especialistas mais respeitados no Brasil, é dar liberdade para você montar o seu cardápio, desde que respeite uma cota. "Milagre não existe: qualquer um que coma sem critério e a mais do que precisa vai engordar. Não proíbo nenhum alimento, mas também não digo que pode comer à vontade."

Nesse regime, Halpern transformou as torturantes calorias numa pontuação (cada ponto vale 3,6 calorias) e estabeleceu uma cota de consumo diário. Para saber a pontuação dos alimentos, é preciso consultar tabelas. Se ultrapassar o limite, você tem comer menos no outro dia.

O primeiro princípio, que agora você já conhece, é saber quanto pode comer. O segundo é selecionar bem a comida. "Quem quiser passar o dia inteiro à base de chocolate até pode. Mas não está aprendendo a se alimentar direito, fundamental para garantir a manutenção do peso", diz Halpern.

O ideal é seguir a pirâmide alimentar. "Essa ainda é a melhor fórmula de comer bem, com direito a tudo, e de forma saudável." Traduzindo para o cardápio, 55% do que você coloca no prato (165 pontos) devem vir dos pães, massas, cereais, de preferência integrais (todos esses carboidratos energéticos), e das frutas, verduras e legumes (carboidratos reguladores). De 15% a 20% (60 pontos) precisam vir das carnes, do leite, iogurte e queijo — especialmente as versões magras — e do feijão (proteínas). E 25% (75 pontos) podem ser originários da gordura, na forma de óleo, azeite, manteiga, frituras, mas sem esquecer que ela já está embutida em vários alimentos, como carnes e pratos prontos.

Doces, que também fazem parte do grupo, podem ser incluídos, mas com moderação. Leia-se em doses pequenas — o ideal é que sejam consumidos só nos fins de semana.

PRA COMEÇAR...

Faça o cálculo correto, isso varia muito conforme biótipo, peso, altura, sexo, idade e atividade física. Calcule aqui , não fique indo nas ondas das revistas de q tem q ser 300 pontos pra mulher e 400 pra homens, repito, depende muito do corpo de cada um!

Monte a tabela completa...

Pra conseguir a tabela completa vc pode ir juntando diversas tabelas de calorias e dividir tudo por 3.6, ou assinar o site do Dr. Alfredo Halpern.

Edite sua tabela e cole num caderninho/agenda

O último passo para você garantir o sucesso do programa é adotar um diário alimentar. "Quando você anota o que comeu, presta mais atenção ao que põe no estômago e reduz infinitamente os excessos", garante o criador da dieta. Ele deve estar certo. Afinal, manter uma dieta na boca das mulheres por mais de três décadas não é para qualquer um. Calculadora na mão!

É legal comprar um caderninho bem do seu gosto (aquele q vc vai querer levar e usar), eu ainda prendi uma caneta com uma fitinha no espiral, assim não tem desculpa de anotar. Cole a tabela com os seus alimentos, tente fazer algo personalizado! Mas cole tudo o q vc gosta, mesmo aqueles alimentos de uma vez no ano, ou q vc comeu 1 vez na vida e nunca mais. Se vc tirar esses alimentos, vai chegar o momento em q vc os comerá de novo e daí cadê os pontos?

Comece a anotar tudo (até balinha) por uns 3 dias, sem se policiar muito, ou seja, antes de inicia a dieta pra valer. Calculando no fim do dia, vc conseguirá identificar as coisas desnecessárias q comeu por gula ou compulsão.

Com o tempo, vc decora os alimentos q mais ingere no dia-a-dia e tbem aprende a fazer trocas saudáveis de alimentos parecidos.

MONTE A DIETA DOS SEUS SONHOS

Depois q vc começar pra valer (ontem?!). O controle dos alimentos terá de ser bastante rigoroso. Até mesmo uma balinha precisa ser contabilizada. Não há restrição de nenhum alimento, desde que não sejam ultrapassados os pontos pré-estabelecidos. Ou seja, você pode comer uma barrinha de chocolate, que vale 45 pontos, mas terá de compensar no decorrer do dia consumindo alimentos que valem menos pontos, como a maçã (14 pontos), por exemplo.

Se tiver uma balança de cozinha, melhor ainda

Nos casos em q vc mesma prepara sua comida, o legal é ter uma balancinha e ir pesando as porções pra ter mais exatidão, no início eu achava chato mas funciona melhor, p. ex. antes eu contava 1 concha de feijão meio de “olho”, mas pesando vi as diferenças entre as conchas e se tem mais ou menos caldo, no final, descobri q podia comer bem mais até o fim do dia! Isso tbem é muito válido nos casos das carnes.

Claro q se vc come fora, não fique se martirizando com exatidões, não serão 5 ou 6 pontos q farão a diferença na sua nova cintura. Ah, em restaurantes tipo bufê são usadas colher de servir (colher de arroz) ou escumadeira.

PRINCIPAIS MANDAMENTOS

Faça conversões: Sempre que necessário faça as conversões das medidas caseiras:

1 col. de sopa = 3 col. de chá - 1 col. de arroz = 2 col. de sopa - 1 escumadeira média = 5 col. de sopa

1 concha média = 5 col. de sopa - 1 xícara de chá = 7 col. de sopa

O que usar à vontade (ZERO PONTOS)

Os temperos que não valem pontos são: • aceto balsâmimo• alcaparras• alecrim• alho• baunilha• canela• cheiro-verde• coentro• cominho• curry• cravo • ervas finas• estragão• gengibre• hortelã• louro• manjericão• manjerona• mostarda em grãos• orégano• páprica• pimenta • pimenta-do-reino• raiz-forte• sal• salsa• sálvia• shoyu• suco de limão• tomilho• vinagre• Você também pode usar adoçante dietético à vontade.

Frutas verduras e legumes

Na tabela completa cada alimento tem seu pontos, mas vc pode usar uma resumida, somente nos casos de frutas e verduras e legumes, como segue abaixo

ZERO PONTOS

Verduras: Acelga, agrião, alface, alga-marinha, almeirão, chicória, couve, erva-doce, escarola, espinafre, jiló, maxixe, mostarda, nabo, pepino, pimentão, rabanete, repolho, rúcula, salsão, taioba, tomate.

Bebidas: Água, café, chá, limonada (tudo sem açúcar)

10 PONTOS - Legumes (para 2 colheres de sopa)

Abóbora, abobrinha, alcachofra, aspargo, berinjela, beterraba, brócolis, broto de bambu, broto de feijão, cebola, cebolinha, cenoura, chuchu, cogumelo, couve-flor, ervilha fresca, palmito, quiabo, vagem.

11 PONTOS – Frutas

Abacate (1/4 de unidade pequena), Abacaxi (1 rodela pequena), Abricó (1/2 xícara de chá), Ameixa (2 unidades pequenas), Amora (1 pires de chá), Banana-maçã (1 unidade), Banana-nanica (1/2 unidade), Banana-ouro (2 unidades) , Banana-prata (1 unidade), etc.

Veja algumas recomendações:

No caso de produtos industrializados, a precisão será maior se você dividir o total de calorias indicado no rótulo por 3,6 (que é o valor de 1 ponto).

Na tabela você também vai encontrar algumas preparações que são fritas, como a coxinha de galinha. No entanto, aprenda este truque: ao ler, por exemplo, os pontos de um filé de frango ou de qualquer outro alimento sem nenhuma especificação da forma de preparo, eles se referem a uma preparação assada, grelhada ou cozida.

Se a comida for preparada com fritura simples, aquela de imersão, então você deverá multiplicar os pontos indicados na tabela por 3. Já se for um prato à milanesa ou empanado, você deverá multiplicar os pontos da nossa tabela por 4.

Nas grandes refeições, como almoço e jantar, você deve descontar 15 pontos logo no início. Esses pontos se referem ao tempero usado na cozinha para preparar a comida. Eles incluem até o óleo do preparo— que pode ser qualquer um de sua preferência, como soja, milho, girassol, canola ou azeite de oliva.

O tempero acrescentando à mesa deve ser computado à parte. Portanto, além dos 15 pontos de cada refeição, você deverá descontar o molho da salada ou aquele fio de azeite sobre uma fatia de pizza, por exemplo.

Coma devagar e mastigue bem os alimentos.

Evite líquidos durante as refeições.

Anote diariamente os alimentos consumidos, suas quantidades e o número de pontos para saber se o total foi ultrapassado e se será necessária a compensação no dia posterior. Se vc exagerou demais, não adianta ficar passando fome o resto da semana por cau

Faça alguma atividade física.

Ela é uma das maneiras mais eficazes e prazerosas formas de perder peso. Não é para menos: você conhece algum método que lhe dá direito de comer o que quiser e que promete enxugar de 3 a 5 quilos da sua silhueta por mês? Assim é a Dieta dos Pontos.

O CRIADOR

Em vez de restringir alimentos calóricos, contar ponto a ponto cada item consumido durante o dia. É essa a premissa da Dieta dos Pontos, criada há cerca de 30 anos pelo endocrinologista Alfredo Halpern, chefe do grupo de obesidade do Hospital das Clínicas da USP (Universidade de São Paulo).

O Sistema de Pontos é uma filosofia, não uma dieta. Eu me formei em 1966 e, quando fui trabalhar no consultório, em 1969, já tinha feito residência em clínica médica, estava fazendo endocrinologia e aprendia de tudo, menos como resolver o problema da maioria de meus pacientes: o excesso de peso. Na verdade, de 70% a 80% da clientela de um endocrinologista é constituída por gente que quer emagrecer. Diante disso, pensei: já que o problema é esse, vou tentar resolvê-lo direito.

Naquela época havia pouco material sobre obesidade. Agora, há uma enxurrada tão grande que não é mais possível acompanhar tudo o que se publica a respeito do tema.

Observando o que acontecia, minha primeira conclusão foi que todo o mundo fazia uma dieta burra, parecida com a do Dr. Atkins: carne, verdura, duas colheres de arroz, uma de feijão, salada e quatro frutas por dia. Conseqüentemente, ninguém agüentava segui-la por muito tempo. Foi, então, que me surgiu a idéia de que uma dieta só funcionaria se o indivíduo pudesse comer de tudo e comecei a catalogar os alimentos atribuindo a cada um deles uma unidade chamada pontos. Não se trata de nenhuma novidade porque quem inventou os pontos foi Deus quando criou as calorias. Cada ponto vale 3,6 calorias.

No Sistema de Pontos, a pessoa pode comer de tudo, mas precisa ir anotando o que comeu para controlar o número de pontos ingeridos num dia e que não pode ultrapassar uma quantidade previamente calculada de acordo com seu peso, idade, sexo e atividade física.

Não adianta nada a pessoa conhecer a tabela de pontos se não houver certa interação com uma nova filosofia que pressupõe conhecimento do processo e determinação.

Hoje vou comer feijoada, mas amanhã farei refeições menores para compensar. Nas dietas tradicionais o que acontecia? O sujeito quebrava o regime e comia feijoada. Pronto! Achava que tinha estragado tudo e desistia da dieta. No Sistema de Pontos, feijoada não é um prato proibido desde que no dia seguinte a pessoa consiga compensar a extravagância ingerindo menos calorias.

Currículo

· Professor livre-docente da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo

· Chefe do Grupo de Obesidade e Doenças Metabólicas do Serviço de Endocrinologia do Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

· Chefe Clínico do Grupo de Obesidade do Hospital Israelita Albert Einstein.

· Responsável pela disciplina "obesidade" da Pós-graduação da Universidade de São Paulo

· Vice – presidente da IASO ( Internacional Association for the Study of Obesity) para a América Latina.

· Representante sulamericano da força tarefa para o combate a obesidade ( da Organização Mundial da Saúde).

· Fundador e ex. Presidente da ABESO (2 mandatos) - 1988-1990 e 1997-1999

Para calcular SUA cota de pontos diários, vá em http://saude.abril.com.br/especiais/dieta_pontos/calculadora.shtml

Site do criador da dieta: http://www.abeso.org.br/alfredohalpern/

4 comentários:

  1. Ei gatona!
    Hoje começa nossa 4º pessagem. Poste seu peso até segunda-feira, 1º de novembro de 2010.

    Um abraço!
    http://desafiodasestacoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Também estou na dieta dos pontos, uso este site, veja se vc gosta: http://www.dietaaoponto.com/index.asp

    Você pode armazenar seus cardápios, e tem um relatório de pontos consumidos. Bem legal!

    ResponderExcluir
  3. oi...há qto tempo vc faz essa dieta?
    emagreceu qto em qto tempo....desliza de vez em qd?....já fiz e funcionou...mas faz tempo, não lembro qto eu emagreci...bjos

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...